Estudo de campo - Visita à cidade de "Mata"

Estudo de campo - Visita a "Mata": “A cidade de pedra que foi madeira”


Notícia publicada em 24/03/2018 13:13 -
Geral
Ensino Fun...

Na semana passada os alunos do 7º ano do CEAP tiveram a oportunidade de conhecer a cidade de MATA, que preserva um jardim paleobotânico de 36 mil metros quadrados, coberto por diversos exemplares de árvores fossilizadas. Na cidade se visita o Museu Pe. Daniel Cargnin, considerado o maior paleontólogo da região, pois coletou 80% dos fósseis hoje conhecidos. O museu conta com mais 2500 peças fósseis de animais e vegetais de até 300 milhões de anos.

O passeio é sem dúvida um retorno ao passado, pois além da riqueza fóssil nos jardins, existem troncos petrificados, muros, Igreja, calçadas e grutas construídas com estas peças milenares. As ruas e também algumas casas são decoradas com fósseis de madeira petrificada o que até há pouco tempo atrás era permitido, atualmente, não mais.

Conhecida como “a cidade de pedra que foi madeira”, o local se destaca pela quantidade de árvores fossilizadas o que tornou o Rio Grande do Sul um representante mundial em riqueza fóssil.  O processo de fossilização por que passaram os vegetais se chama de substituição, que ocorre quando elementos minerais carregados pela água de percolação substituem os tecidos das plantas, molécula a molécula. Paleontólogos que estudaram o local acreditam que nesta região havia uma grande floresta e que por um abalo da terra, a madeira se petrificou.

Os alunos das turmas do 7º ano A e 7º ano B do CEAP conheceram a história do local, passearam pelo jardim e registraram o momento que também serviu para integrar o grupo.

Galerias de fotos


Veja mais


05.12.2018 - 3º ano em aula prática de economia

Aprendendo a comprar e economizar

Ginastica artística

Festival de verão

Alunos do CEAP visitam o estádio 19 de outubro

Conhecendo a casa do Esporte Clube São Luiz de Ijuí