Estudo de campo - Visita à cidade de "Mata"

Estudo de campo - Visita a "Mata": “A cidade de pedra que foi madeira”


Notícia publicada em 24/03/2018 13:13 -
Geral
Ensino Fun...

Na semana passada os alunos do 7º ano do CEAP tiveram a oportunidade de conhecer a cidade de MATA, que preserva um jardim paleobotânico de 36 mil metros quadrados, coberto por diversos exemplares de árvores fossilizadas. Na cidade se visita o Museu Pe. Daniel Cargnin, considerado o maior paleontólogo da região, pois coletou 80% dos fósseis hoje conhecidos. O museu conta com mais 2500 peças fósseis de animais e vegetais de até 300 milhões de anos.

O passeio é sem dúvida um retorno ao passado, pois além da riqueza fóssil nos jardins, existem troncos petrificados, muros, Igreja, calçadas e grutas construídas com estas peças milenares. As ruas e também algumas casas são decoradas com fósseis de madeira petrificada o que até há pouco tempo atrás era permitido, atualmente, não mais.

Conhecida como “a cidade de pedra que foi madeira”, o local se destaca pela quantidade de árvores fossilizadas o que tornou o Rio Grande do Sul um representante mundial em riqueza fóssil.  O processo de fossilização por que passaram os vegetais se chama de substituição, que ocorre quando elementos minerais carregados pela água de percolação substituem os tecidos das plantas, molécula a molécula. Paleontólogos que estudaram o local acreditam que nesta região havia uma grande floresta e que por um abalo da terra, a madeira se petrificou.

Os alunos das turmas do 7º ano A e 7º ano B do CEAP conheceram a história do local, passearam pelo jardim e registraram o momento que também serviu para integrar o grupo.

Galerias de fotos


Veja mais


LETRIX

Aprendizagem lúdica

CÍRCULO DE CONSTRUÇÃO DE PAZ NO CEAP

CÍRCULO DE CONSTRUÇÃO DE PAZ NO CEAP

Aluno Destaque

GEMLI revela os alunos destaque do trimestre no CEAP