Conversa sensibiliza para estudar a história da escola

Alunos do 4º ano vão conhecer origens do CEAP e de Ijuí


Notícia publicada em 12/04/2017 20:23 -
Ensino Fun...

     Um passeio pela história do CEAP, de carona na história de Ijuí. Este foi o título da conversa do assessor de comunicação do CEAP e acadêmico de História, André da Rosa, com as turmas do 4º ano do Ensino Fundamental na última segunda-feira. A partir de fotografias de Ijuí, desde antes do período da colonização, passando pela chegada dos imigrantes, o surgimento da Vila Ijuhy e pelo nascimento do que seria o CEAP, ele foi instigando os alunos a pensarem como e por que surgiu o CEAP e pelo que passou até ser o que é na atualidade.

     Segundo as professoras Cristiane Bertoldo e Gilce Golnik, neste ano letivo os alunos vão estudar a história da escola e também de Ijuí. Por isso essa conversa inicial, para situar os alunos neste contexto. “A ideia foi sensibilizar as crianças para a História da escola onde eles estudam. Para fazerem questionamentos. Despertar a curiosidade de como era Ijuí antes mesmo de ser uma cidade. Por que surgiu uma Escola Alemã. Por que se chama Augusto Pestana... Mais do que respostas, a conversa encheu os alunos de perguntas, o que é importante para as pesquisas que irão fazer daqui para a frente”, salienta André da Rosa.

     As turmas já trabalharam com a produção de uma Linha de Tempo individual. Nos próximos dias deverão observar a Linha de Tempo da escola e visitar o Museu Escolar do CEAP. Várias atividades pedagógicas ao longo do ano vão contemplar pesquisas e o estudo sobre a trajetória do município e da escola. “Foi importante, também, para os alunos, perceberem que eles próprios fazem parte desta história; se darem conta de que estão inseridos nela”, comentou a professora Cristiane Bertoldo.

Galerias de fotos


Veja mais


Estudo sobre hortas leva alunos ao IMEAB

Turmas do 3º ano estiveram na Escola Fazenda

Conhecendo as árvores do Campo

Turmas do 3º tiveram convidados especiais

De olho nas estações

Aula no Campo dá sequência a estudos do 2º ano

Conhecendo o material dourado

Turmas do 1º ano tiveram primeiro contato

A Corrente do Bem do 2º

Crianças exploram livro “E algo aconteceu naquele dia”