Diversão com os Jogos Dramáticos

Jogos dramáticos


Notícia publicada em 04/05/2018 13:19 -
Geral
Ensino Fun...

Diversão na aula de “Jogos dramáticos”

Níveis 1, 2 e 3

As crianças dos Níveis 1, 2 e 3, na aula do Jogo Dramático curtiram a história “Qual é a cor do Amor? ”, da autora Linda Strachan, contada pela professora Rosa Lia. Em seguida conversaram sobre o que é o amor, onde encontramos, como expressa-lo em atitudes. Também, brincaram com as fitas coloridas e a música Coloridos - Palavra cantada e confeccionaram um arco-íris com bolinhas plásticas.

 

Níveis 4 e 5

No Jogo Dramático, a professora Rosa Lia apresentou às crianças o livro “Um mundo de crianças” de Ana Busch e Caio Vilela. O livro é o registro sobre viagens realizadas pelo escritor para mais de 50 países, também apresenta curiosidades e costumes dos países e fotos de crianças em diferentes situações.

Em uma das aulas, a professora conversou sobre a vida do escritor e fotógrafo Caio Vilela, leu a primeira parte do livro, sobre o Brasil e os povos indígenas. As crianças aprenderam a brincar de Cama de Gato e Peteca. Em outro momento, conheceram a segunda e a terceira parte do livro sobre as crianças do Canadá e da Coréia do Sul. Então brincaram de Le Téléphone árabe, o mesmo telefone sem fio aqui do Brasil que as crianças do Canadá brincam, segundo o autor. Outra brincadeira aprendida foi Di bi di bi dip, da Coréia (parecido com nosso “Discordar”).

Sobre o assunto:

O jogo é uma poderosa ferramenta para motivar e envolver grupos, resolver conflitos, facilitar a comunicação, favorecer o estabelecimento de combinados e organizar a ação. Vem ocupando, cada vez mais, um lugar de relevo nos programas de educação, terapia e treinamento. O jogo dramático é uma maneira de levar os participantes a pensar, comprovar, relaxar, trabalhar, lembrar, ousar, experimentar, criar e absorver. É na absorção que se dá o aprendizado e, quanto mais importante for o aprendido, maior a mudança.

No jogo dramático a espontaneidade funciona como um catalisador da ação criativa. Os  ingredientes são: o lúdico, o prazer e a alegria.
O jogo dramático tem ainda um tempo e um espaço delimitados. Sua mais importante característica é buscar a resolução de conflitos. Para tanto, deve conter uma proposta que atenda a necessidade do grupo (para que estamos aqui), ser sensível (como estamos hoje, aqui e agora) e estar atento ao conflito a ser resolvido (o que está por trás das aparências).

O jogo educa, previne e acalma as pessoas que enfrentam situações de ansiedade. No jogo acontece a descoberta de novas formas de se tratar e enfrentar situações iguais ou diferentes, há uma quebra da resistência, diminuindo os bloqueios e a ansiedade e criando um campo relaxado e possibilita o estabelecimento de vínculos e de novas formas de relacionamento.

 

Assessoria de Comunicação

CEAP – Ijuí

Galerias de fotos


Veja mais


A leitura como fonte inspiradora

A Menina que Descobriu o Brasil

25.10.2018 - Viagem às Missões

Viagem às Missões Jesuíticas

23.10.2018 - Desfile da Banda na ExpoIjuí

Banda Marcial desfila na ExpoIjuí/Fenadi

22.10.2018 - Coroação da Corte 2018 do CEAP

GEMLI promove votação do Rei e Rainha da escola